Social Icons

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Gengibre (Zingiber officinale) – Informações e indicações medicinais

Informações e indicações medicinais do Gengibre, para que serve o gengibre em tratamentos naturais.

Gengibre

Segundo Kirna Mota Nascimento, Redação do Saúde Plena, o Gengibre é indicado para dores musculares.

“Conhecido por suas propriedades de “acalmar” o estômago, o gengibre e seus feitos tranqulizadores estão sendo indicados também para amenizar dores musculares. É o que defendem os cientistas em um estudo realizado na Geórgia College and State University, nos Estados Unidos. O gengibre, membro da mesma família do açafrão, contem compostos antiinflamatórios e óleos voláteis.
Segundo os coordenadores da pesquisa, o consumo diário do gengibre cru resultou em uma redução de leve a moderada na dor muscular. A diminuição da dor dói de 25% para os pacientes que tomaram o gengibre cru e de 23% para o tratado termicamente.
Foram recrutados para o estudo 74 adultos, colocados para fazer exercícios que supostamente causaria dores e inflamações musculares. Durante 11 dias, os participantes comiam, diariamente, dois gramas de gengibre ou um placebo (fármaco ou procedimento inerte.) No final, os grupos do gengibre mostraram reduções de 25% nas dores musculares, passadas 24 horas dos exercícios.
No estudo duplo-cego parecido, cientistas compararam o que acontecia quando os participantes comiam dois gramas de gengibre ou um placebo, um dia depois do exercício, e em seguida, dois dias depois. O gengibre não parecia surtir efeito logo após a primeira ingestão. Mas pôde ser associado a uma redução na dor no dia seguinte, levando os pesquisadores a concluir que o gengibre pode ajudar a atenuar progressão diária da dor muscular.
Outros estudos mostraram que consumir gengibre antes de se exercitar não traz impacto sobre dor muscular, consumo de oxigênio e outras variáveis fisiológicas durante, ou imediatamente após uma sessão de exercícios. Isso sugere que, se o gengibre gera quaisquer benefícios eles devem se limitar a redução das dores nos dias após o exerícios.”

Segundo Wikipédia, o gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea da família das Zingiberaceae, originária da ilha de Java, da Índia e da China, de onde se difundiu pelas regiões tropicais do mundo. Outro nome conhecido no norte do Brasil, principalmente pelos indígenas é Mangarataia ou mangaratiá.

É conhecido na Europa desde tempos muito remotos, para onde foi levado por meio das Cruzadas. Em Portugal existe registo da sua presença desde o reinado de D. João III (1521-1557).

No Brasil, o gengibre chegou menos de um século após o descobrimento. Naturalistas que visitavam o país (colônia, naquela época) achavam que se tratava de uma planta nativa, pois era comum encontrá-la em estado silvestre. Hoje, o gengibre é cultivado principalmente na faixa litorânea do Espírito Santo, Santa Catarina, Paraná e no sul de São Paulo, em razão das condições de clima e de solo mais adequadas. Trata-se de uma planta perene da Família das Zingiberáceas, que pode atingir mais de 1 m de altura. As folhas verde-escuras nascem a partir de um caule duro, grosso e subterrâneo (rizoma). As flores são tubulares, amarelo-claro e surgem em espigas eretas.

Informações encontradas nos sites: wikipedia.org e www.saudeplena.com.br

1 comentários:

  1. adorei a receita gengibre contra as dores musculares..valeu
    grato
    lacerda

    ResponderExcluir